Engenharia elétrica em livro de professor da Poli-USP

Professor emérito da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo e estagiário do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) na década de 1940, o engenheiro mecânico eletricista Rubens Guedes Jordão terá relançada uma de suas principais obras na sexta-feira, 14 de junho. O livro ‘Máquinas Síncronas’ é uma obra de referência na área de máquinas elétricas em língua portuguesa e foi vencedor da 23ª edição do Prêmio Jabuti na categoria Tecnologia em 1981.

Hoje com 94 anos, Jordão foi estagiário na Seção de Aeronáutica do IPT nos anos de 1942 e 1943 e colaborou na realização de projetos e ensaios de aeronaves construídas pelo Instituto sob a coordenação do engenheiro Frederico Abranches Brotero. “Penso que o IPT foi pioneiro no Brasil na construção de aviões de madeira, em substituição aos de tela, próprios da época, graças à tecnologia desenvolvida em sua seção de madeiras”, afirmava ele em entrevista no ano de 1982.

“O livro lembra o estilo da lousa do Prof. Jordão, sempre claro, didático e com figuras bem expressivas – e isso para um conteúdo difícil, que são campos girantes em máquinas elétricas e enrolamentos imbricados em máquinas de corrente contínua”, lembra o responsável pelo Laboratório de Equipamentos Elétricos e Ópticos do IPT, Mario Leite Pereira Filho. O pesquisador cursou duas disciplinas na Escola Politécnica da USP com Jordão e cita como importantes contribuições do professor para as pesquisas a criação do Laboratório de Máquinas Elétricas da Poli e as atividades executadas no projeto das grandes máquinas hidrogeradoras na década de 1960.

Fonte: IPT – Instituto de Pesquisas Tecnológicas