NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Instituto Superior de Inovação e Tecnologia – ISITEC vem a público prestar os seguintes esclarecimentos.

Independentemente de sua vontade, a mantenedora do ISITEC, o Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo – SEESP, no início de 2018, viu-se na condição de não poder continuar financiando o curso de graduação em Engenharia de Inovação.

A razão imediata reside no fato de a Lei 13.467/17 (Lei da Reforma Trabalhista), ao requerer autorização prévia e expressa para a contribuição sindical ter levado a enormes perdas na arrecadação das entidades sindicais em todo o País e também do SEESP.

A graduação em Engenharia de Inovação foi concebida como um curso contemporaneamente inovador e de excelência, portanto de alto custo quando comparado a seus similares, e gratuito, fato único para as instituições particulares de ensino de engenharia. Todos esses fatores somados levaram à situação crítica presente.

Não obstante, preocupada com a manutenção do projeto inovador que levou à criação do ISITEC e, principalmente, com o futuro de seus alunos, a Mantenedora envidou esforços na busca de alternativas que pudessem manter o curso funcionando dentro de seus objetivos originais.

Desde o primeiro momento, a comunidade ISITEC, formada por alunos, professores e funcionários, foi informada a respeito da situação financeira da instituição, de forma clara e transparente.

Atualmente, a direção do ISITEC continua a fazer gestões junto aos órgãos governamentais competentes, à iniciativa privada e à comunidade acadêmica, buscando a melhor alternativa para a saída do impasse corrente, na defesa dos interesses de seus alunos e da manutenção do projeto de excelência construído com tanto esforço.

A direção do ISITEC está em contato permanente com os alunos, seja individualmente ou através de reuniões em grupo, visando encontrar a melhor solução comum.

Atenciosamente,

A Direção