Pesquisa mostra otimismo do empreendedor para investir em inovação

Questionário foi aplicado pela Desenvolve SP durante eventos do “Movimento pela Inovação” em diferentes regiões do Estado

O pequeno e médio empresário paulista pretende investir mais em inovação em 2017, apesar da crise. Essa é uma das conclusões de uma pesquisa realizada pela Desenvolve SP – Agência de Desenvolvimento Paulista com 383 empresários de todo o Estado de São Paulo durante os encontros promovidos pelo Movimento pela Inovação em 2016. Segundo o estudo, 80% dos empresários tem a intenção de ampliar o investimento em inovação em 2017. Outros 16% disseram que pretendem investir nos próximos três anos e apenas 4% não planejam investir.

A pesquisa com questões de múltipla escolha buscaram identificar o perfil do empreendedor, suas percepções sobre inovação e as dificuldades para investir, entre outros temas. A pesquisa foi aplicada entre maio e dezembro de 2016 em 13 cidades: São Paulo, Botucatu, Santos, Sorocaba, Araçatuba, Marilia, Campinas, Piracicaba, Guarulhos, Ribeirão Preto, São José dos Campos, São José do Rio Preto e São Carlos.

Outro importante dado apontado na pesquisa foi em relação às principais dificuldades encontradas para investir em inovação. Cada entrevistado apontou três problemas. A dificuldade mais citada, por 26%, foi obter linhas de crédito ou outras fontes de financiamento. Em seguida, aparece a carga tributária, com 21% das citações, e a incerteza sobre o futuro do país, com 16%.

“A pesquisa nos mostra que mesmo num período de incerteza econômica os empresários estão dispostos a investir em inovação. A dificuldade sentida pelos empreendedores em encontrar linhas de financiamento aponta que a Agência está no caminho certo. Desde o início do Movimento pela Inovação já financiamos R$ 58,4 milhões para projetos inovadores.

Antes dos eventos, esse montante era de R$ 13,1 milhões desembolsados”, diz Milton Luiz de Melo Santos, presidente da Desenvolve SP.

Entre outros destaques, 53% dos entrevistados consideram seu negócio inovador e outros 28% muito inovador. E 75% consideram inovação qualquer tipo de inovação aplicada no negócio, contra 10% que acreditam que inovação trata-se apenas de um produto revolucionário. Quanto ao objetivo dos investimentos em inovação, a maior parte, 41%, deseja investir para ganhar novos mercados, enquanto aumentar a competitividade responde por 23%, aumentar o faturamento e a rentabilidade representam 22% e 15%, respectivamente.

O Movimento pela Inovação

Lançado em 2015, o Movimento pela Inovação é uma iniciativa da Desenvolve SP para incentivar o investimento em inovação pelas PME’s no estado de São Paulo. A ação conta com a parceria de importantes entidades de fomento a inovação e tecnologia, o objetivo é encurtar a distância entre os centros de pesquisa, empresas e instituições de fomento para que o conhecimento científico seja transformado em produtos e negócios de sucesso, gerando riqueza para a sociedade e o desenvolvimento do País. Nesse sentido a Desenvolve SP vem realizando eventos nos principais Parques Tecnológicos do Estado.

Desde o início do projeto foram realizados 19 encontros, em 13 cidades: Araçatuba, Botucatu, Campinas, Guarulhos, Marilia, Piracicaba, Ribeirão Preto, Santos, São Carlos, São José dos Campos, São José do Rio Preto, São Paulo e Sorocaba.

Fonte: http://www.segs.com.br/demais/48798-pesquisa-mostra-otimismo-do-empreendedor-para-investir-em-inovacao.html

Enviar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *